Cuidem do “seu”Luiz

seu LuizSexta-feira, 13 de março de 2015, um lindo dia de sol, quase 9h. Busco um atalho para fugir do engarrafamento. Então, numa rua de pouco movimento da zona norte Porto Alegre, um senhor anda pelo meio da rua, sentindo o terreno com sua bengala. Alguns motoristas desviam dele e seguem. Me assustei com a cena, dei uma buzinada de leve e percebi que ele não tomou conhecimento. Parei o carro no meio da rua, liguei o pisca, desci e o ajudei a chegar à calçada. Ele estava um pouco sujo, mas acho que não morava na rua. Era cego e estava confuso. Demorou pra entender que eu o estava tirando do meio da rua. O deixei na calçada pensando o que seria dele depois que eu me fosse e se não aparecesse ninguém para tirá-lo de uma situação de perigo. Nisso aparece um rapaz que o chama pelo nome e pergunta como ele está. Sorridente ele diz que está bem. Pergunto se ele tomará conta do “seu” Luiz e ele diz que sim. Me despeço e seu Luiz me agradece.

Volto pro carro e sigo meu caminho chocada com a cena e pensando que ela é mais comum do que meus olhos veem, com relação ao fato de um idoso andar desnorteado pelas ruas e sozinho.

Seu Luiz parecia tranquilo e bem humorado. Não sei o quanto tem consciência da situação. Não sei se mora com alguém e saiu que ninguém notasse. Sei que ele estava só naquele momento e penso que outros motoristas se dariam conta da situação e desviariam dele.  Ou talvez não.

Espero que alguém cuide do “seu” Luiz e que, com ou sem mudanças de percurso, eu tenha olhos de ver e atitude para fazer o que é certo.

Fica com Deus “seu” Luiz!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s