Me tapei de revolta (again)

Faz 22 anos que comecei a trabalhar com desenvolvedores de software para acoplar módulos de treinamento a módulos de folha de pagamento. Desde o começo e atendendo ao meus lados cartesiano e virginiano, sempre me preocupei em detalhar e desenhar telas para que o programador – que não tinha a menor obrigação de entender de treinamento –  pudesse construir a ferramenta de acordo com a minha necessidade. Depois de tanto tempo fui entendendo um pouquinho mais do mundo de TI e melhorando as definições. Obviamente que não sendo um gênio, consigo ser uma boa cliente-facilitadora.  Ocorre que, passados 22 anos os problemas continuam. Traduzindo: mudam os sistemas, eu defino/desenho/descrevo/faço reuniões e quando recebo está tudo 88% diferente do que foi pedido e com defeito.  Resultado: inúmeras horas perdidas e muito mais horas explicando o que está errado. Aí, sempre me pergunto: por que eu ainda perco meu tempo passando instruções completas para gente que não lê? “Quedê-lhe” o compromisso meu povo? Acho que talvez falte a estes profissionais noções de organização, programa de qualidade – tipo faça certo da primeira vez – e respeito ao cliente. #metapeiderevoltaagain

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s