Tem coisa que não é pra gente

Bebo pouco, quase nada. Quando me arrisco o resultado nunca é bom. Sou daquelas que se passa da conta, devolve tudo rapidinho (eca!).  Dificilmente tenho vontade de tomar qualquer bebida alcoólica, mas dependendo do local, da companhia, do dia do mês e da cor do céu, me atrevo a ingerir mais do que meio copo de qualquer coisa não muito forte, tipo cerveja ou vinho. Dia destes tomei uns copos de vinho ao longo de muuuuuuuuitas horas e intercalados com água e refrigerantes.  Não dei vexame (se desse não seria euzinha), não fiquei enjoada, não enrolei a língua, fui pra casa direitinho… Resultado: no dia seguinte estava imprestavelmente prostrada e sem ânimo pra fazer nadinha. Não tive qualquer sensação desagradável, além da indestrutível preguiça e mesmo assim foi muito chato. O dia esteve lindo, eu queria fazer um montão de coisas, mas só consegui cochilar entre um cochilo e outro. Acho que o nome disso é ressaca.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s