O que fazem com o teu dinheiro (3)

Enquanto cidadã, que paga imposto até para respirar ar poluído, me acho no direito de questionar. Quando alguém comete uma infração de trânsito deve pagar por ela dentro das formas legalmente estabelecidas. No final de 2011 levei uma multa de um pardal fixo que simplesmente não está no lugar informado. Um pouco antes do ponto tem uma placa que informa a existência do bicho. Já passei 1000 vezes no mesmo lugar procurando o dito e não tem nada. Acho que ele cansou e bateu asas. Diante das denúncias, cada dia mais cabeludas, de fraudes nas licitações dos equipamentos, me pergunto se a minha multa não foi digitada por um funcionário pago pela empresa que venceu a licitação. Será que as falcatruas acontecem só nas rodovias estaduais? Quem audita os pardais? Quem garante que eles registram a velocidade certa? Será que pra se descobrir as falcatruas é preciso um repórter do Fantástico jogar a caca no ventilador? Por que os tribunais de contas não contratam este repórter? Que fique claro que acho os pardais um excelente instrumento pra baixar a bola do povo apressado (tipo euzinha), mas faz tempo que ando de cara com o povo de trânsito aqui de Porto Outono Alegre. Leiam a ZH de hoje e se tapem de nojo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s