Rótulos psiquiátricos

No mundo atual, usando a desculpa de que somos todos muito ocupados para darmos a devida atenção e espaço a nossas crianças, é cada vez mais comum levá-las ao psiquiatra ou psicólogo quando seu comportamento não condiz com a expectativa da família ou da sociedade. Recebi um vídeo que pede um basta a estes rótulos e, de forma muito simples, mostra o que realmente pode estar por trás destes rótulos. Comportamentos “inadequados”, que acabam sendo tratados como transtornos e para os quais se receitam até medicamentos, são muitas vezes expressão de uma vocação, como por exemplo: ativista, filósofo, líder, inventor e tantos outros. Comportamentos normais em crianças e adolescentes acabam sendo transformados em problemas, pois pais e sociedade – muito ocupados –  não tem sensibilidade (traduzindo: saco) pra lidar com eles. É claro que tem os jovens que abusam da paciência de qualquer cristão, mais aí o caso é colocar limites e insistir na demonstração de valores. Não tenho filhos, mas consigo avaliar o esforço e dedicação necessários para cria-los para o mundo. Seria legal se os pais se questionassem e tentassem entender qual é parte que lhes cabe neste contexto. Link do vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=P_X500l2rhQ

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s