Descanso merecido 10

Finalmente, estou recuperando minhas forças. O tempo para desligar é maior do que o da duração das férias, mas tudo bem. Ontem fui pra Arraial da Ajuda e conheci uma praia semi-deserta chamada Taipe. Mar batido como é comum aqui na Bahia. Teve de tudo, sol, nuvens e um temporal de encharcar a alma. O melhor de tudo foi o almoço que não teve uma só gotinha de dendê. Hoje fiz a Rota do Descobrimento e conheci  o shopping de uma comunidade indígena Pataxó em Coroa Vermelha. entrei numa caravela que imitava a que trouxe Cabral ao Brasil e vi que a coisa deveria ser muito difícil. Fiquei sabendo que por não haver papel higiênico todos – de 130 a 190 pessoas – usavam uma corda que, após ser usada, ficava pendurada do lado de fora do navio para ser “lavada” pelo mar. Claro que se ao chegar ao convês – sim, não havia banheiro – a corda tivesse sido usada recentemente por outra pessoa a alternativa era usá-la de qualquer jeito. Graças a Deus, alguém inventou o papel higiênico. No memorial do descobrimento (será que é isso mesmo?) os guias mirins fazem uma apresentação bem romatizada da época do descobrimento, o que nada tem a ver com a realidade. Acho que não caberia relatar os episódios de forma tão sangrenta e verdadeira quanto o fez Darcy Ribeiro. Ao que parece amanhã o dia será de tempo bom e que venha Trancoso, meu último passeio guiado por estas terras.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s