A vida é a vida

Tem coisas que nunca vão mudar, até porque não dependem de mim. Mesmo àquelas que dependem, muitas vezes são mascaradas, mas lá no fundinho….. Pra dar conta de certas coisas a melhor saída é assumir que não vale a pena sofrer e aceitar as pessoas como elas são, mesmo que isso signifique ignorar sua mãe ou seu pai. Sim, eles também não são perfeitos. Cada um que lide com o seu quinhão de responsabilidade. O melhor é não idealizar ninguém e viver tranqüilo com suas opções e não se sentir vítima dos acontecimentos. Contra tudo, contra todos e a favor de mim: primeiro eu.

2 Respostas para “A vida é a vida

  1. Dê,

    Muito reflexivo teu post. Isso quer dizer que não tem vez pra “Epitáfio (devia ter aceitado as pessaos como elas são” e nem tampouco para aceitar a “Síndrome de Gabriela” (Eu nasci assim, eu cresci assim,eu sou mesmo assim,vou ser sempre assim)…

    Beijos “reflexivos”
    ROse

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s