O Segundo Resgate das Focas (valeu Pedro!)

Domingo, São Chico, calorão. As Focas destemidas resolvem passear pelo Lago São Bernardo e visitar O Oráculo dos Anjos, enfim rever a redondeza. O Pedro, Foca honorária e pai da Déa, pergunta se não levaremos uma garrafa d’água. Destemidos como sempre, dizemos que não, pois só vamos passear. Caminhamos muito, colocamos os pés de molho na fonte mega gelada que abastece o lago e quando retornávamos pra casa encontramos com o Pedro que vinha em sua camionete com a bendita água pra nos resgatar. Macaco velho como é, ele sabe que as Focas são muito selvagens e destemidas e se põem a caminhar sem pensar. Há uns anos, ele literalmente nos salvou, pois resolvemos ir a um templo indiano que era” logo ali”. Sem comentários, com relação ao tal do templo. Sem perceber, caminhamos – sem água e num calorão medonho – QUATRO KM, morro abaixo, numa inclinação de uns 400m! Obviamente, a volta foi desesperadora e o Pedro com seu faro de cariucho (carioca que se converteu em legítimo gaúcho) se foi de camionete atrás de nós com a bendita da água. Só que até sábado, eu não sabia quanto tínhamos andado. Como saímos de carro pra ir ao Parque das Cachoeiras, ver os despenques provocados pela chuva e conhecer a Terra do Sempre, foi possível saber quantos quilômetros tínhamos percorrido. Por History! Por AXN! Por Universal! Constatei que realmente as Focas são destemidas, mas também muito sem noção.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s