Adeus Bartira!

Ano passado as Focas foram passear na fazenda do Elton e da Bida lá em Cachoeira (do Sul). Lá chegando, se depararam com milhares de animais de vários portes, afinal numa fazenda, no meio do mato, tem muito bicho. Os que mais chamaram atenção, além da mosquitama tradicional, foram as lindas ovelhas de lã colorida que o Elton cria. Não sei a raça (estrangeira), mas elas ficam lindas no pasto. No niver do criador, no sábado passado, comemos ovelhas assadas, lá da fazenda de Cachoeira. Instantaneamente, acredito que por um fenômeno espírita, reconhecemos Bartira, no prato. Nosso coração se encheu de tristeza, mas a gula foi maior. Ficamos pensando que poderíamos ter visto, pastando inocentemente, Bartira, uma ovelha de lã azul, que de repente estava em nosso prato. Mas como bons gaúchos comilões que somos, tocamos em frente e papamos a Bartira. Afinal, assim como o Pedro Maranhão, também damos a maior força pros vegetarianos, eh, eh, eh.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s