E o mar vai ficando prá trás

Snif, snif. Tô indo embora sem colocar o pé na areia, o que sempre é uma pena. Ainda mais depois do temporal que caiu no final da tarde de ontem e me impediu de esticar os músculos no calçadão de Copacabana. O pior passaram os colegas do curso que precisavam se deslocar para Niterói e quase não chegaram em casa. O dia está lindo! No caminho para o local do curso passei por várias pessoas que iam ou voltavam do mar. Inveja pura! Fico pensando o quanto deve ser maravilhoso poder morar perto da praia e dar uma caminhada ou mergulho antes de ir pro trabalho, no final do dia…. Tá certo: a maioria das pessoas que mora aqui não deve fazer isso, mas eu faria, pelo menos nos primeiros 20 anos! No telejornal desta manhã,fiquei sabendo das tempestades de ontem no RS e nas que acontecerão hoje em quase todo o estado. Novamente, desejo muito que na hora de voltar pra casa as coisas estejam mais calmas.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s